sábado, 17 de maio de 2014

Mais uma vez eu sinto que ninguém me conhece de fato... ninguém enxerga o que eu preciso. Não preciso de muito, não mesmo... Não preciso que construam castelos, eu quero coisas simples. Quero que respeitem quem eu sou, que não tentem me mudar... não precisa me aceitar, só não tente me mudar. Ninguém sabe o que é que me mantem em pé. As vezes o que as pessoas jugam ser meu defeito, meu problema, é exatamente o que me dá forças, é o que me ajuda a sobreviver...
Não precisa me aceitar, só deixa eu ser quem sou... 
Sinto muito decepcioná-los, mas não sou perfeita.




Nenhum comentário:

Postar um comentário