quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Tento a todo momento saciar a mim mesmo. Não depender de ninguém. Ser inteira.
 Mas, meu Deus, como me faz falta um amigo que me conheça. Um amigo que saiba quando meu sorriso não está sendo verdadeiro. Um amigo que perceba quando estou precisando de um chão... meu Deus, eu estou sem chão.
Como me faz falta um amigo que me desminta quando eu digo que estou bem, que ele diga: "Eu sei que não está".
 Como me faz falta alguém que esteja ao meu lado por inteiro, não uma parte, não um amigo de momentos.
Como me faz falta um amigo que entenda as tais promessas que há nas entrelinhas das amizades. Que entenda a fidelidade.
Como me faz falta alguém que eu possa confiar de olhos fechados. Alguém que não diga, mas que demonstre que não vai me faltar.
Como me faz falta poder ser essa amiga para alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário