sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Sempre fui muito intensa nos meus sentimentos. Fui amiga por inteiro, confiei por inteiro, me doei por inteiro, entrei em cada relação por inteiro.
Cada decepção roubou um pouco de mim... hoje não consigo mais ser inteira, mesmo que eu queira, eu não posso. Cada lágrima esvaiu minha ingenuidade em acreditar nas pessoas. Tirou minha confiança nas relações.
Hoje, vivo de metades, vivo de medo, vivo de tentar curar feridas e evitar que novas sejam feitas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário