quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Têm coisas que me deixam tão mal... Me deixam agoniada, sufocada, triste, e sei lá mais o que... Hoje de repente veio em minha mente uma cena de quando eu tinha 9/10 anos... Quando eu queria estar entre os que me amavam e não podia... Lembro que estávamos todos brincando e com um sorriso eu dizia que ia ao banheiro, ao chegar no banheiro eu chorava como ninguém, era um choro que sufocava, um choro que fazia o nó na garganta doer... Depois de poucos minutos eu lavava o rosto, respirava fundo, abanava os olhos pra sair o vermelho e saía do banheiro sorrindo como se estivesse tudo bem... Eu repetia isso várias vezes ao dia, durante muitos dias... Eu tinha apenas 9/10 anos, mesmo com essa pouca idade eu já não chorava na frente dos outros... Aprendi desde cedo a usar essa máscara que não permite que os outros vejam como eu estou por dentro... Eu era apenas uma criança e consegui superar isso... Então hoje me perguntei: 'Você realmente vai deixar que essa pequena situação te faça mal?' E minha resposta foi 'não'... Superei tantas coisas... Sei que hoje estou remendada, cheia de curativos e costuras... Fui quebrada, estilhaçada, ferida, me mutilaram... Mas não me acabei, ainda sonho... Ainda sou capaz de dar sorrisos sinceros, ainda sou capaz de acreditar de novo, de novo e de novo... Não posso deixar as pequenas coisas me abalarem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário